Uma desculpa para viver outras vidas

O que é o escritor senão um ser inquieto que não se contenta em viver só sua própria vida?

Gosto de acreditar que existe vida demais dentro de um escritor para um só corpo viver. É preciso repartir a consciência em outras personalidades para vivenciar situações diferentes e experimentar outras peles para ver qual se encaixa melhor. E é justamente esta experiência de empatia, de se colocar no lugar do outro que é uma das melhores coisas de ser escritor. Dá outro sentido a vida. Faz com que você entenda melhor as outras pessoas e que no mundo não existe só a sua vontade.

Todo mundo quer alguma coisa e muitas vezes os desejos seus entram em conflito com os de outra pessoa. Então… quando eu posso escolher que é o melhor momento para eu perder para que quem eu amo ganhe? Como posso ajudar outros a também serem felizes?

É nisso que eu acredito… Conviver, coexistir, respeitar, amar.

Para mim, ser escritor é isso. Uma desculpa para viver outras vidas e todas as formas de amar.

Anúncios

Uma resposta

  1. Sa

    Amei isso que você escreveu.
    Essa ansiedade que a gente sente dentro de nós que só passa quando finalmente criamos a história desse personagem que cisma que tem de viver rsrsrs
    Gostei muito!!!

    30 de agosto de 2012 às 19:00

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s